segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Cartoons !!!

Apeteceu-me, não sei bem porquê, esta manhã, colocar este post. Numa altura em que se fala tanto e tão pouco de cartoons; numa altura em que se aproveitam de um cartoon, do profeta Maomé, para incentivar a destruição, a guerra, a desunião entre os povos e as religiões, a morte e tudo o que de mal se possa imaginar, escolhi alguns cartoons, inocentes e bem engraçadas sobre jardinagem para que a arte do cartoon não fique manchada.


Ficou provado, ao longo destes últimos dias que o cartoon constitui um dos melhores barómetros da consciência democrática. Somos uma espécie em evolução. Muito ignorante e arrogante, por sinal. "Demasiadamente humanos...", como disse Nietzsche, não temos a humildade necessária para aprender a respeitar a diferença. Temos milhares de defeitos evolutivos que precisam ser superados. Um deles é a compreensão pela diferença do outro.


Quem diria que um jornal egípcio, o Al Fager, publicou todos os famosos cartoons dinamarqueses em Outubro do ano passado. Sim, Outubro, ou seja, em pleno Ramadão. Não houve protestos, boicotes ao Egipto, ataques a embaixadas etc. O próprio editor do jornal escreveu recentemente sobre a sua surpresa perante a actual onda de protestos, e diz-se convencido de que esta serve apenas para ocultar casos de corrupção e outros problemas reais do Médio Oriente (via Freedom for Egyptians).


Muito provavelmente, se aquelas almas incendiadas pelo desejo de vingar a "ofensa" ao Profeta, usufruíssem de "paz, pão, educação, saúde, educação" (cito Sérgio Godinho), em vez da violência nas ruas, ao apreciar os cartoons esboçariam, quiçá, um sorriso desdenhoso ou mais amarelo, face ao que poderiam catalogar de provocação atrevida ou apenas mau-gosto.

"Todos os vício são maus, não importa se são drogas, álcool ou idealismo." Jung.
"A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro..." Vinícius de Moraes.

3 Comments:

At fevereiro 13, 2006 5:49 da tarde, Blogger sa.ra said...

respeitar a diferença, sim!
alimentar a criança(em nós), sim, seja com cartons ou com canções, poesia!

mas não podemos,acho, esperar que o mundo se converta à paz, sem compreender o medo, a ira, que com razão ou sem ela, inflama ricos e pobres, eruditos e ignotantes (de ambas as partes)!

gostei muito deste post... e voltando a Nietzcshe: homens domesticados, não são homens melhores!

gostei da água que também correu aqui!

abraço!

 
At fevereiro 13, 2006 6:01 da tarde, Blogger greentea said...

e se cultivassem mais flores, teriam menos ataques de ira e violencia e aprenderiam a amar - ia dizer melhor mas não para eles chega amar. Também poderiam ouvir o Sergio Godinho porque a paz, educação, saúde (mental) e pão para muitos deles que nada têm seriam essenciais.
Um beijo
a jardinagem tb é benéfica para o coração, artrites, alzheimer, além do chocolate e duma vida saudável incluindo-se aí uma sexualidade saudável, com ou sem chocolate...

 
At fevereiro 13, 2006 10:22 da tarde, Blogger Santa said...

Estou aqui para agradecer a visita. Já andei pelo blog e gostei muito. Vamos nos visitar sim. É uma honra!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home