segunda-feira, março 06, 2006

Jarros uma lembrança de criança

Os belos Jarros (Zantedeschia aethiopica Spreng), pertencentes à família Araceae começam a aparecer aqui e ali, salpicando as beiras das estradas da ilha de S. Miguel lembrando-me lugares e pessoas que marcaram a minha infância.

Jarro

Sempre as conheci assim... simples e singelas! Durante toda a minha vida perseguiram-me, em casa dos meus pais, na casa e no quintal de meus avós... onde continuam e continuarão a estar! As pessoas... algumas, tão queridas... partiram... Mas estas flores, pedaços da minha infância, que a cada ano reaparecem, estarão por todo o lado... do meu lado lembrando-me, para sempre, coisas maravilhosas que só a mim me podem transmitir!


O Jarro constitui uma planta ornamental muito apreciada pelas belas inflorescências erectas, vistosas, formadas na Primavera/Verão, em forma de espádice, amarela, acompanhada de uma espata branca irregularmente campanulada. Folhas grandes, cordiformes-sagitadas. Herbácea robusta, de lugares muito húmidos, perene, originária da África, de 0,6-1,0 m de altura, com rizoma vigoroso, muito florífera e de folhagem ornamental brilhante. Constitui uma óptima para flor de corte, podendo ser cultivada a pleno sol ou a meia-sombra. É tolerante a baixas temperaturas e não se adaptando bem a climas quentes. Multiplica-se pelas mudas formadas junto ao rizoma da planta-mãe, separadas após o florescimento.

A beleza desta planta esconde alguns perigos. Todas as partes desta planta são tóxicas pois contém ráfides de oxalato de cálcio e saponinas.

A ingestão da planta ou contacto com a mesma provoca irritação de mucosas, edema de lábios, língua e palato com dor e ardor, sialorréia, disfagia, cólicas abdominais, náuseas, vómitos, diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia; o contacto com os olhos pode provocar irritação, lesão da córnea, edema, fotofobia, lacrimejamento, irritação com congestão.

12 Comments:

At março 07, 2006 8:10 da manhã, Blogger greentea said...

há muito q não aparecias...
tb gosto de jarros. agora até nem tenho mas ainda bem pois fiquei a pensar nos cães que por vezes comem o q não devem...

 
At março 07, 2006 12:32 da tarde, Blogger Troilite said...

é verdade greentea à um tempo que estava ausente da blogosfera mas tenho-me deliciado com os vossos posts, embora não tenha tido muito tempo para "postar"!!

 
At março 07, 2006 10:18 da tarde, Blogger Desambientado said...

Vim retribuir a simpática visita. Percebo tratar-se de uma conterrânea que usa o selinho do Priôlo.

Gostei do seu blog.
Parabéns. Voltarei que alguma frequência.

 
At março 07, 2006 10:57 da tarde, Blogger Fátima Silva said...

Parabéns pelo seu blog é muito bonito e com grande teor informativo.

 
At março 08, 2006 2:20 da tarde, Blogger sa.ra said...

Olá!
engraçado... na minha memória de infância, há registo dos jarros, também assim!a minha mãe enchia jarras com eles!
que boa lembrança!
são lindos!
Um abraço
dia feliz!

 
At março 09, 2006 10:18 da manhã, Blogger sa.ra said...

Bom dia!
Hoje vi andorinhas! ai que alegria!
vim aqui para te dizer que o meu coração sorriu com as tuas palavras!
como tu, acredito que a via não é a crítica... é mesmo despertar!
Um dia muito feliz!
(estou a ouvir uma música linda... e apetecia-me a braçar o mundo... um de cada vez!)
Um grande abraço!

 
At março 12, 2006 2:27 da manhã, Blogger jardineira said...

ai eu sempre tive uma relação difícil com os jarros... *:)) para mim, era a flor mais previsível e monótona do nosso jardim. A minha Avó insistia em multiplicá-los junto aos muros e não havia arranjo de flores que não tivesse a um ou dois a espreitar. hoje, já os consigo apreciar na sua simplicidade.

 
At março 14, 2006 6:41 da tarde, Blogger a lice said...

Parabéns pelo blog!:)

Voltarei em breve!

Abraço de uma açoriana!:)

 
At março 20, 2006 8:51 da manhã, Blogger greentea said...

bom dia, sem carne, com muita natureza
hoje
sempre!

 
At março 27, 2006 2:25 da tarde, Blogger Mike Maciel said...

Boas,

Só para vos avisar, que vos adicionei ao nosso agregador de blogs:

BlogBoard dos Açores » http://factosonline.com/blogs

Bemvindo!

Mike Maciel

 
At março 29, 2006 1:37 da manhã, Blogger shark said...

Jarros (Zantedeschia aethiopica Spreng)!
É uma flor que trás tantas recordações... Recordações boas mas com um final muito infeliz, infelizmente.
É uma flor que "não dá na vista", passa sempre despercebida mas sempre tive um fascínio por ela. Muito provavelmente pela sua forma e a conjugação do branco/amarelo.
Magnifico!

 
At julho 14, 2008 9:59 da tarde, Blogger coruja said...

Gostei de ver o seu blog. Tem assuntos muito interessantes.
A informação sobre os jarros é muiti útil, eu adoro esta flor , mas desconhecia que é venenosa. Obrigada.
Também tenho um blog:
bonecos bonequinhos.blogspot.com
Um abraço

São

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home